Bauru: uma delícia tipicamente paulista!

27 Oct 2017

E hoje no CBN Gatronomia falamos de um dos pratos mais conhecidos e com mais variações pelo brasil: Bauru!

 

Ouça nossa conversa aqui no player do lado esquerdo! Ou ainda acesse o site da CBN Maringá para ouvir: www.cbnmaringa.com.br

 

E para nossa receita, vamos direto na fonte: O Bauru do Bar Ponto Chiq de São Paulo!

 

O famoso e originário bauru do bar Ponto Chic não leva presunto na receita, mais sim rosbife e três queijos diferentes, derretidos com manteiga em banho-maria. Casemiro Pinto Neto foi o criador desta delícia no final dos anos 30.

 

"Era um dia que eu estava com muita fome. Cheguei para o sanduicheiro Carlos – hoje já falecido – e falei: - Abre um pão francês, tira o miolo e bota um pouco de queijo derretido dentro. Depois disso o Carlos já ia fechando o pão eu falei: - Calma, falta um pouco de albumina e proteína nisso. (Eu tinha lido em um opúsculo livreto de alimentação para crianças, da Secretaria da Educação e Saúde, escrito pelo ex-prefeito Wladimir de Toledo Piza, também frequentador do PONTO CHIC – que a carne era rica nesses dois elementos) bota umas fatias de roast beef junto com o queijo e já ia fechando de novo quando eu tornei a falar: - Falta a vitamina, bota ai umas fatias de tomate. Quando eu estava comendo o segundo sanduíche chegou o “Quico” -Antonio Boccini Jr.-, que era muito guloso e pegou um pedaço do meu sanduíche e gostou. Ai ele gritou para o garçom, que era um russo chamado ALEX: Me vê um desses do “BAURU”. 

 

Os amigos foram experimentando e o nome foi ficando. Todos quando iam pedir falavam: Me vê um do “BAURU” e assim ficou o nome de BAURU para o sanduíche inventado por Casimiro Pinto Neto, mais conhecido como “BAURU”.

 

fonte: http://www.pontochic.com.br/bauru

 

Então vamos a receita mais famosa de Bauru!

Bauru do Ponto Chic de São Paulo

 

Ingredientes:

• 5 fatias de rosbife (cerca de cinco fatias);
• 100 g de queijo (porções iguais de queijos estepe, gouda, suíço ou prato);
• 50 g de manteiga sem sal (consistente e bem gelada);
• 2 rodelas grandes de tomate;
• 3 fatias de pepino cortadas na transversal;
• 1 pão francês.

 

Modo de preparar:

• Deixar um pepino imerso em vinagre por sete dias.

• Limpar uma peça inteira de lagarto e assar em forno bem quente, girando-a algumas vezes e regando com a própria gordura. A carne deve ficar tostada por fora e malpassada por dentro.

• Deixar esfriar e colocar na geladeira por 5 horas. Fatiar em lâminas grossas.

• Colocar manteiga em uma forma de alumínio em banho-maria. Quando derreter, colocar os queijos. Adicionar água suficiente para que a mistura não fique muito grossa. Mexer até que os ingredientes estejam totalmente mesclados.

• Cortar o pão ao meio. Retirar parte do miolo da metade superior do pão. Coloque as fatias de rosbife sobre a metade inferior do pão.

• Cobrir o rosbife com as fatias de tomate e, em seguida, as fatias do pepino em conserva.

• Na outra metade do pão, colocar o queijo fundido em banho-maria.

• Juntar as duas partes e, se preferir, cortar ao meio.

• Servir acompanhado de uma bebida bem gelada.

 

Variação:

• O pão francês pode ser substituído por pão sírio, pão preto ou pão de forma.

 

 

Bom apetite queridos e até a próxima!

beijos

Compartilhe
Compartilhe
Curta!
Please reload

Categorias
Please reload

Archive
Please reload

Receba as novidades
Please reload

Postagens Recentes